home aviso  
artigos eventos noticias links profissionais    
 

Poluição Atmosférica Inversão Térmica

Prof. Dr. György Miklós Böhm

O deslocamento de ar na superfície da terra é de todos conhecido : é o vento. O que é menos lembrado é que este deslocamento tem duas direções : horizontal e vertical. O vento horizontal é muito usado para a impulsão de veleiros e a sua ausência, pouco apreciada pelos esportistas, é conhecida como calmaria. Os movimentos verticais são essenciais nos vôos de planadores, asas delta e de toda sorte de aves. Sua ausência é denominada de inversão.

O deslocamento vertical de massas de ar deve-se ao esfriamento progressivo da atmosfera com a altitude. Na superfície da terra está quente e, a medida que sobe, fica cada vez mais fria. Deste modo, haverá vento vertical e os poluentes dispersam com facilidade (lado esquerdo da figura). Porém, se uma camada de ar quente interrompe este esfriamento gradual, ou seja, ocorre uma inversão térmica, haverá uma parada no deslocamento vertical da massa de ar (lado direito da figura).

E quanto mais próximo for da superfície a inversão térmica, digamos a 200-300 metros de altitude, maior será a concentração dos poluentes em cima da cidade. Este fenômeno pode ser visto com freqüência sobre a cidade de São Paulo porque o ar poluído fica completamente separado do ar puro pela inversão térmica.

| voltar |

 
  Saúde Total © 1997~2010. Todos os direitos reservados.